• Apresentar uma queixa
  • Pedido de informação
60th Rome Treaty anniversaryA vossa Europa - O portal de acesso a serviços públicos europeus e nacionais em linha

Introdução

Línguas disponíveis :  bg.es.cs.da.de.et.el.en.fr.ga.hr.it.lv.lt.hu.mt.nl.pl.pt.ro.sk.sl.fi.sv

A Provedora de Justiça Europeia está empenhada em garantir que cidadãos, ONG, associações e empresas tenham conhecimento do seu direito de apresentar uma queixa relativa a má administração das instituições da UE. A Provedora de Justiça reconhece o importante papel que a comunicação social desempenha na informação da opinião pública, no enriquecimento do debate e no aumento da visibilidade dos seus serviços em todos os Estados-Membros da UE. Uma política proactiva de relacionamento com a comunicação social constitui um elemento central das suas actividades e dos seus esforços para promover o respeito dos direitos ao abrigo da legislação comunitária e para melhorar a qualidade da administração.

A política de relacionamento da Provedora de Justiça com a comunicação social tem duas facetas. Por um lado, procura informar o público europeu em geral do seu trabalho através dos meios generalistas (ex.: televisão, imprensa escrita, rádio). Por outro, a Provedora dirige-se a grupos específicos de potenciais queixosos através de meios mais especializados (ex.: revistas de economia ou para consumidores, bem como boletins internos de associações, ONG e grupos de interesse).

A Provedora de Justiça visa ser o mais transparente e acessível possível para os jornalistas, a fim de permitir que o público acompanhe o seu trabalho. Fornece informações à comunicação social sobre o início de investigações, soluções amigáveis aceites por instituições para satisfazer queixosos, projectos de recomendações importantes dirigidos a instituições e decisões de arquivar queixas. A Provedora de Justiça também informa a comunicação social da publicação do seu Relatório Anual, das estatísticas mais recentes, dos seus contributos para iniciativas e debates públicos em curso e de outros assuntos relacionados com o Provedor de Justiça de interesse para o público. Embora a Provedora tenha como objectivo tornar o seu trabalho o mais aberto possível, respeita os pedidos legítimos de queixosos que preferem ver os seus casos tratados com confidencialidade.

Além dos correspondentes dos meios de comunicação europeus sedeados em Bruxelas, a Provedora de Justiça pretende igualmente chegar aos jornalistas de órgãos de comunicação nacionais e regionais de todos os Estados-Membros da UE. A Provedora informa a comunicação social sobretudo através de comunicados de imprensa, conferências de imprensa, debates de fundo e entrevistas, procurando disponibilizar mensagens claras e de leitura fácil que sejam da maior utilidade possível para os jornalistas.

Para mais informações sobre as actividades da Provedora de Justiça relacionadas com os meios de comunicação social, contacte: Gundi Gadesmann, Responsável Comunicação Social e Relações Externas, Tel. +32 2 284 26 09.